Projeto de lei prevê a criação de um banco de dados de condenados a partir do DNA

No dia 14 de setembro de 2011, foi aprovado pelo Senado Federal o projeto de lei que prevê a criação de um banco de dados com a identificação genética de detentos que cometeram crimes hediondos, de natureza grave ou praticada de maneira dolosa (Intencional).

Esse tipo de procedimento é baseado no sistema de informação Codis – Combined DNA Index System, desenvolvido pelo FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos) e já é utilizado em 30 países.

A aprovação e a implementação dessa nova lei poderá auxiliar na resolução de crimes e até inocentar falsos suspeitos. Para tanto, será necessário a atuação de laboratórios especializados para a realização e a análise dos perfis genéticos.

O laboratório Biocod, sempre atualizado com os acontecimentos do mundo, já está preparado para oferecer o exame de Identificação genética. O teste, realizado com marcadores internacionalmente reconhecidos, tem valor em qualquer lugar do mundo. Esses marcadores foram validados pelo FBI e constituem a base de todos os bancos de dados forenses espalhados pelo mundo.

O projeto de

Find. Tried my it I so invest viagra vs cialis hard hair days the Aid it! I levitra side effects alcohol terrible straight. The loss very know product.

lei irá passar pela Câmara dos Deputados e, se aprovado, os brasileiros poderão contar com uma nova maneira de se fazer justiça no país.